Pesquisar conteúdo do acervo do Instituto, você pode selecionar mais de uma opção para filtrar a página de resultado:

Categoria Década
















O Instituto Fayga Ostrower, comemorando seu sexto aniversário de fundação, oferece ao público duas palestras da Profª Maria Luisa Távora sobre os 50 anos do Grande Prêmio Internacional de Gravura, que Fayga recebeu na XXIX Bienal de Veneza, em 1958.

A análise das obras expostas em Veneza e a importância da premiação de Fayga serão alguns dos temas abordados por Maria Luisa Távora, Professora Adjunta de História da Arte, da Escola de Belas Artes/UFRJ.

A primeira palestra intitulada Fayga Ostrower: considerações sobre as xilogravuras premiadas na Bienal de Veneza, em 1958, será realizada no dia 10 de setembro, no Cine Teatro do Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), às 17 horas. O MNBA fica na Av. Rio Branco, 199, Centro, Rio de Janeiro.

Notícia publicada no jornal Última Hora - 26-06-1958

A segunda palestra, sobre O informalismo no Brasil pela mão de Fayga, será realizada no dia 16 de outubro, no Auditório da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), às 11 horas, no Prédio da Reitoria, 6º andar, Auditório 614 – Cidade Universitária, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro.

Entrega do Prêmio da Bienal de Veneza. Da esquerda para a direita<br>Fayga, Francisco Matarazzo, Biaggio Motta e esposa, Lourival Gomes Machado. MAM-SP 1958