Pesquisar conteúdo do acervo do Instituto, você pode selecionar mais de uma opção para filtrar a página de resultado:

Categoria Década
















Com cerca de 70 obras, a Estação Pinacoteca exibiu exposição com as obras adquiridas pelo museu em 2009, e outras que foram doadas pelos filhos de Fayga, Noni Ostrower e Carl Robert Ostrower, em 2006. A curadoria foi de Carlos Martins, pesquisador da Pinacoteca do Estado de São Paulo.

 

Carlos Martins, Noni Ostrower e Marcelo Araújo, Diretor da Pinacotecca

A exposição foi dividida em três módulos: o percurso inicial exibiu as primeiras obras realizadas nos anos 1940 e princípios dos anos 50, que corresponde ao período de aprendizado da artista, quando produziu obras com forte temática social e influência expressionista.

Público na exposição

O módulo seguinte apresentou o pioneirismo da artista para a abstração no Brasil. Em 1954 ela foi uma das primeiras artistas a se interessar por questões formais, deixando de lado a figuração. Seu trabalho ganhou reconhecimento nacional e internacional e Fayga ganhou diversos prêmios.

Serigrafias

O último segmento mostrou a produção de 1970 até 2001. Os trabalhos ganharam nova dimensão e a cor passou a ser o assunto predominante na imagem a ser gravada.

Em cartaz: 20 de junho a 25 de outubro de 2009