Pesquisar conteúdo do acervo do Instituto, você pode selecionar mais de uma opção para filtrar a página de resultado:

Categoria Década
















Uma escultura em pedra de Zélia Salgado, que pertencia à Fayga Ostrower, foi doada para o acervo da família de Zélia. A obra foi exposta no Museu Nacional de Belas Artes, em mostra inaugurada no dia 09 de outubro de 2013.

Finalmente a prensa para gravuras em metal de Fayga ganhou um espaço adequado: o Atelier de Gravura da Pro-Arte, em Teresópolis, coordenado pelo gravador Wagner Dirceu.

A Pinacoteca do Estado de São Paulo, em prosseguimento ao seu projeto de reimpressão de gravuras, associou-se ao Instituto Fayga Ostrower - que, em 2012, comemorou 10 anos de atividades - para apresentar a xilogravura identificada pela artista com o título 5823.

universos da arte reeditadoFoi lançada a nova edição do livro Universos da Arte, pela Editora da Unicamp, comemorando os 30 anos da 1ª edição.

Leia a sinopse do livro.

 

 

A coleção de discos de vinil, cd’s e partituras de Fayga Ostrower foi doada ao Conservatório Brasileiro de Música do Rio de Janeiro.